Crítica filme: O Cavaleiro Solitário

000000000

Sinopse: Colby, Texas, 1869. John Reid (Armie Hammer) é um advogado que acaba de retornar à sua cidade-natal, onde vive seu irmão Dan (James Badge Dale), a cunhada Rebecca (Ruth Wilson) e o sobrinho Danny (Bryant Prince). John está disposto a cumprir a justiça ao pé da letra, levando os criminosos ao tribunal, apesar da resistência local. Ao acompanhar o irmão e outros Texas Rangers em uma patrulha pelo deserto, o grupo é atacado pelos capangas de Butch Cavendish (William Fichtner), um bandido que tem a fama de comer carne humana. Todos são assassinados, com exceção de John, que fica à beira da morte. O índio Tonto (Johnny Depp) o encontra e, ao perceber que um cavalo branco escolhe John, passa a ajudá-lo. Tonto acredita que John foi escolhido por um mensageiro espiritual e que, como voltou da morte, não pode mais ser morto. A partir de então John passa a usar uma máscara e, ao lado de Tonto, faz de tudo para reencontrar Cavendish.

♥♥♥♥

img-1015894-o-cavaleiro-solitario

O-Cavaleiro-Solitário1

O Cavaleiro Solitário é uma super produção da Disney em estilo velho oeste com o nosso queridíssimo Johnny Deep. Com muita ação, aventura e um pouco de comédia, já que não existe possibilidade de achar os personagens de Deep sem graça, o filme é pura diversão com apenas alguns pontos negativos e cenas que poderiam facilmente ser encurtadas.

Baseado no famoso personagem criado por George Washington Trendle, conta a história de John Reid, um promotor formado em direito que é obrigado a deixar os bons costumes ao descobrir uma conspiração criminosa em sua cidade e contra sua família. A história é narrada em flashback pelo personagem de Depp, um índio chamado Tonto, que está empalhado em exposição num museu em San Francisco, na década de 1930. Bem velhinho, ele ganha vida e começa a contar a um garotinho a história do Cavaleiro.

Infelizmente o filme ganhou fama de ser um dos fracassos da Disney, já que não agradou muito o publico, e pelas incontáveis criticas negativas. Mas eu discordo disso. O Cavaleiro Solitário é um filme longo (muito longo mesmo) e no começo conta a história de como o índio Tonto conheceu John, até ele virar o Cavaleiro Solitário. Talvez esse começo seja um pouco devagar e a ação comece a tomar conta na metade da trama, mas mesmo assim, eu adorei!

Como sempre Johnny Deep se sobressaiu ao protagonista e tomou conta da história.  Armie Hammer (cavaleiro solitário) mesmo levemente ofuscado tem o perfil perfeito de um herói medroso e desastrado. Sem deixar de mencionar Helena Bonham Carter, que tem um papel pequeno mas decisivo na história. A trilha sonora é ótima!!! Clichê e engraçada ao mesmo tempo!

A única coisa que não gostei muito foi a mocinha do filme (Ruth Wilson), que não foi tão carismática e pareceu ser a escolha errada para o papel. E a duração da história, que deixou em alguns momentos a trama cansativa. Fora isso eu gostei bastante!!! Filmes com Johnny Deep com certeza sempre serão ótimas escolhas para mim!

Vale a pena conferir!😉

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. Trackback: O cavaleiro solitário | Letrificando

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 179 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: